Monday, January 25, 2016

"Reza a lenda": Cauã Reymond e Sophie Charlotte

Com cenas de perseguição e tiroteio tensas e realistas, "Reza a lenda" convence o mais ferrenho fã do gênero de ação. 
Chegou aos cinemas sob a alcunha de "Mad Max do sertão". O título poderia ser facilmente alterado sem danos à publicidade, trocando-se o nome do filme pós-apocalíptico de George Miller pelo de algum outro longa-metragem repleto de sequências de violência em câmera lenta e perseguições com carros e motos. 
Logo na abertura, o espectador depara com carros e motos num confronto em alta velocidade, que culmina num acidente de tirar o fôlego. A montagem nervosa mantém o espectador viciado em adrenalina de olhos arregalados. Não há vestígio de amadorismo. Mas, mais do que se igualar às produções americanas, Reza a lenda transforma o estilo gringo e dá à ação alucinante um toque de cangaço e sertão bem brasileiro.

No comments: