Thursday, December 13, 2018

Homenagem a Tomie Ohtake

Escola de estadual Guarulhos presta homenagem a artista plástica Tomie Ohtake

Artista plástica reconhecida internacionalmente foi eleita como patronesse de unidade da Região Metropolitana de SP

Reconhecida internacionalmente, a artista plástica japonesa naturalizada brasileira Tomie Ohtake recebeu uma homenagem de alunos, professores e funcionários da Escola Estadual Parque Continental Gleba 1, do município de Guarulhos. Por meio de votação, a comunidade escolar elegeu a pintora e escultora como patronesse da unidade.

A iniciativa começou com a ideia de escolher um nome, que até então fazia referência ao bairro onde está localizada, que representasse o espírito da escola. Com isso, a direção passou a organizar grupos para pensar em possíveis patronos para a escola.

Homenagem

A cerimônia de alteração e descerramento da placa da homenagem ocorreu nesta segunda-feira (10), embora a escola leve o nome da artista desde agosto. A solenidade teve a participação de Ricardo Ohtake, filho e atual presidente do Instituto Tomie Ohtake.

Saturday, December 08, 2018

Arte de Rui Chafes, em Guimarães



Retrospetiva dedicada à produção mais delicada de Rui Chafes – o desenho. Ou, dito de outra maneira, à vida passada a papel. Desenho sem Fim inaugura neste sábado, 8, no Centro Internacional das Artes José de Guimarães



O desenho de Rui Chafes não se limita a ser a extensão de um gesto no espaço. É uma paisagem evocadora de filosofia e palavra, raciocínio e panteísmo, episódios biográficos, emoções. Cada trabalho no papel tanto pode ser uma obra livre como enquadrar-se nas centenas de desenhos (rascunhos?) para esculturas futuras. 

formatos diversos, acolhem tanto materiais clássicos (grafite ou guache) como matérias do quotidiano (o pó do atelier, o pólen de flores, café, tintura de iodo...). Chafes conta-nos segredos. (Francisco Martins \ http://visao.sapo.pt ). 

Desenho sem Fim
Centro Internacional das Artes José de Guimarães -  Av. Conde de Margaride, 175, Guimarães > T. 253 424 715 - 8 dez-10 fev, ter-dom 10h-13h, 14h-19h  - grátis

Thursday, December 06, 2018

Lançamento TRIVIAL

Lançamento TRIVIAL| OMEGA170: Expo & Livro | Novidades NATAL

ÉVORA, PORTUGAL - Ao longo de anos “Amigos do Museu” e colecionadores pediram que o Museu lhes conseguisse relógios “ímpares” a valores que não elitistas! O relógio INVEЯSO é um exemplo desde 2007… em 2016 foi o VINTE4… 2017 o ÚNICO… em 2018 apresentamos o 1º relógio de mesa com “Museu do Relógio”… modelo TRIVIAL. 

Tal projeto só foi possível fruto da parceria criada pelo Museu com a prestigiada manufactura alemã Hermle. Trata-se de um relógio de mesa com um estilo bem purista e contemporâneo, de porte pequeno e que dará um charme de precisão e contemporaneidade a qualquer sala de estar, escritório ou sala de reuniões.

No dia 14, lançamento do Livro OMEGA170, uma edição limitada e vendida exclusivamente na exposição e aos “Amigos do Museu”… 100 páginas, 170 fotografias!
EXPOSIÇÃO: 11 A 30 DEZEMBRO 2018

Tuesday, December 04, 2018

MHN: 500 pinturas on-line

O Museu Histórico Nacional (MHN), que integra a rede do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) no Rio de Janeiro (RJ), disponibiliza on-line, a partir desta semana, seu acervo de pintura com 500 itens. 

O Acervo MHN oferece a pesquisadores e ao público em geral acesso a informações completas sobre as obras, além de mais de uma centena de imagens em domínio público para download gratuito.

A ideia é que, nos próximos anos, as imagens de todas as obras que compõem a pinacoteca do museu estejam acessíveis pelo site. Após as pinturas, o MHN pretende disponibilizar sua coleção numismática (cédulas, moedas e medalhas), que conta com mais de 150 mil itens.

O projeto é resultado de cooperação entre o Ministério da Cultura (MinC), Ibram e Universidade Federal de Goiás – por meio do Laboratório de Políticas Públicas Participativas (L3P). O MHN é o primeiro museu da rede Ibram a utilizar o repositório para acervos culturais digitais.

Como funciona?

O repositório é de simples navegação: no menu principal, encontram-se as informações sobre o uso das imagens disponíveis, assim como dá acesso à pagina do MHN – onde é possível conhecer, além do acervo museológico, os acervos arquivísticos e bibliográficos do museu que já se encontram online.

A partir de curadoria feita pela equipe do museu estão disponíveis, nessa primeira etapa, três exposições inéditas: "Marinhas – De Martino", "Retratos do império" e "Paisagens cariocas". A coleção de 15 telas do pintor italiano Edoardo De Martino (1836-1912), que se estabeleceu no Brasil entre 1867 e 1875, retrata as mais representativas batalhas navais da história brasileira. O MHN possui o maior acervo do artista no país. Página do museu

"IN CANTUS DE HILDA HILST"

Nas próximas duas quintas-feiras, dias 06 e 13 de dezembro de 2018, o projeto TEATRO DE QUINTA apresenta sua mais nova atração, o espetáculo "IN CANTUS DE HILDA HILST", solo com a atriz Arlete Cunha. 

PORTO ALEGRE, RS - Trata-se de um recital cênico-musical que oferece um panorama da obra de Hilda Hilst, mesclando a poesia, a prosa e trechos de entrevistas com os poemas musicados por Zeca Baleiro.

Hilda Hilst (Jaú/1930-Campinas/2004) é uma das vozes fundamentais da paisagem literária brasileira e da língua portuguesa do século XX, com mais de 40 obras escritas em verso, dramaturgia, prosa e crônica, publicadas entre 1950 e 2000, é uma poeta lúcida e consciente de suas ações e palavras.

Na obra hilstiana existe o assentamento de uma linguagem poética, que ganha corpo e forma no estabelecimento de marcas estilísticas que singularizam o estilo da poeta, presentes em todos os gêneros literários a que se dedicou. A poeta debruça-se sobre temas recorrentes ao longo de sua obra: a angústia da busca, do nunca enquadrar-se aos padrões e do irreparavelmente perdido.

Esta criação cênica é fruto do mergulho que a atriz Arlete Cunha vem realizando na vida e obra de Hilda Hilst desde o ano de 2003. Concepção, direção e interpretação de Arlete Cunha, com participação de Dionara Schneide no piano e voz. (Fonte: Lauro Ramalho). 

O QUÊ: "In Cantus de Hilda Hilst".
QUANDO: dias 06 e 13 de dezembro, quintas-feiras, às 20h, com bar     aberto a partir das 19h.
ONDE: Estúdio Stravaganza (Rua Dr. Olinto de Oliveira, 64 - Bairro     Santana).


QUANTO: Contribuição espontânea.