Sunday, April 13, 2008

O Alasca foi vendido

Em 1867, os Estados Unidos da América compraram à Rússia o território do Alasca. Esta compra foi feita pelo Secretário de Estado americano William Henry Seward.
O território comprado tem cerca de 1 600 000 km² (600 000 milhas quadradas) constituindo o actual estado americano do Alasca, um dos 50 Estados dos Estados Unidos da América e o maior em extensão territorial. O Alasca é o Estado mais escassamente povoado dos Estados Unidos. Relativamente isolado do restante país é considerado parte dos Estados do Pacífico, conjuntamente com a Califórnia, Havai, Oregon e Washington. Situação antes da compra O Império Russo estava em dificuldades financeiras e em vias de perder o território alasquense, sem compensação, em algum futuro conflito, sobretudo para o rival da época, o Império Britânico que detinha o vizinho Canadá e a possante Royal Navy poderia facilmente tomar o controlo das costas, de defesa difícil para a Rússia. O Czar Alexandre II decidiu então vender o território aos Estados Unidos e encarregou o seu embaixador, o barão Edouard de Stoeckl, de abrir negociações com o Secretário de Estado William Seward, de quem era amigo, no início de Março de 1867.

As negociações concluíram após discussões que duraram uma noite inteira e a assinatura do tratado foi feita às 4 horas da manhã de 30 de Março, faz hoje 141 anos, com um preço de compra de 7 200 000 dólares americanos (equivalente a cerca 1.670 milhões de dólares a preços de 2006). A opinião pública americana foi muitíssimo desfavorável a esta compra, à época vista como ridícula.
Fontes: Wikipédia / http://www.topazio1950.blogs.sapo.pt/

No comments: