Monday, September 25, 2017

RJ: calendário de eventos de cultura

Rio de Janeiro a Janeiro: Governo anuncia calendário de eventos de cultura, esporte e turismo

Uma centena de eventos de cultura, esportes, turismo e negócios integram o calendário do programa Rio de Janeiro a Janeiro, apresentado neste domingo pelo governo federal, em parceria com o governo do estado, a prefeitura municipal e a iniciativa privada. O programa faz parte do esforço para revitalizar a cidade e o estado do Rio de Janeiro, atingidos por forte crise socioeconômica. O foco do calendário é a geração de emprego e renda em todo o estado. 
Ministro da Cultura Sá Leitão

Os projetos foram escolhidos a partir de um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), considerando cinco critérios básicos: geração de emprego e renda, atração de investimentos, continuidade e expansão, inclusão social e impacto no turismo. O cronograma abrange a diversidade cultural, os diferentes segmentos esportivos e o setor de turismo, considerando a vocação do Rio de Janeiro nessas áreas. "O calendário vai dar ao Rio condições de gerar emprego e renda para a sua comunidade", disse Moreira Franco, acrescentando que o próximo passo será um programa de qualificação de jovens.

Com o calendário, estima-se aumentar em 20% o fluxo de turistas no Rio de Janeiro que, segundo estudo da FGV, ao final de 2018, terá o impacto de R$ 6,1 bilhões na economia do estado. Este incremento também ajudará na criação de 170 mil novos empregos O investimento do governo federal no programa será de aproximadamente R$ 150 milhões, por meio de patrocínios, da Lei Federal de Incentivo à Cultura e da Lei Federal de Incentivo ao Esporte. O setor empresarial também está mobilizado para aderir ao calendário, patrocinando eventos no Rio de Janeiro e potencializando ainda mais a iniciativa.

O Rio de Janeiro é a porta de entrada dos turistas no Brasil. Nos últimos anos, recebeu mais de R$ 25 bilhões em investimentos e está preparado para explorar a sua vocação natural para o turismo, a cultura e o esporte. Dados atuais apontam que as atividades criativas respondem por 3,9 % do Produto Interno Bruto (PIB) do estado e o turismo por 4%.

No comments: