Friday, March 31, 2017

Brasil e Reino Unido: acordo coprodução em cinema

Foi promulgado nesta quinta-feira (30), pelo Decreto nº 9014, o Acordo de Coprodução Cinematográfica entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte. Os termos do acordo foram negociados entre a Agência Nacional do Cinema (Ancine) e o British Film Institute, responsável pela condução da política audiovisual britânica.

O documento inclui também no escopo as produções voltadas para televisão e tem potencial para aumentar o volume de negócios entre empresas brasileiras e britânicas do setor audiovisual, já que o reconhecimento do status oficial de coprodução permite o acesso às ferramentas de fomento de todos os países envolvidos. A Ancine é a autoridade brasileira competente para o gerenciamento do acordo.

Para que uma obra seja considerada coprodução oficial entre Brasil e Reino Unido, é necessário ao menos um coprodutor britânico e um brasileiro no projeto, e também que cada país envolvido aporte, no mínimo, 20% da verba de produção e, no máximo, 80%.

O diretor-presidente da Ancine, Manoel Rangel, destacou as oportunidades oferecidas com a entrada em vigor do novo acordo: "O Reino Unido tem uma das maiores e mais desenvolvidas indústrias audiovisuais do mundo e esperamos que este acordo proporcione um novo patamar de aproximação com a indústria brasileira.

No comments: