Monday, July 11, 2016

Camaro completa 50 anos de história

Com seis gerações, e a  chegada às lojas dos Estados Unidos em setembro de 1966, o Chevrolet Camaro está prestes a completar 50 anos de história, dividida em seis gerações. 

O carro foi lançado para rivalizar com o Ford Mustang. Camaro mal chegou e já emplacou mais de 200.000 unidades em seu primeiro ano de venda. Com isso, se estabeleceu como um sucesso imediato nos Estados Unidos, sendo até hoje símbolo da cultura norte-americana.

Primeira Geração: 1967-1969

O primeiro Camaro pode ser considerado o mais aclamado. Ele surgiu na época no qual os pony cars (um degrau abaixo dos muscle cars em termos de tamanho), as corridas de arrancada no ¼ de milha e as corridas de estrada eram febres, o que acabou resultando no lançamento do Camaro Z/28 em 1967.
A primeira geração do modelo também é lembrada por duas participações na Indy 500, em 1967 e 1969, quando um Camaro conversível branco com listras laranja e interior laranja foi usado como pace car na tradicional prova em Indianápolis.

A segunda geração do Camaro foi a que mais durou (11 anos) e a de maior sucesso (em termos de vendas) do modelo, mesmo em meio à crise de petróleo na década de 70 e controle de emissões mais rígidos, fazendo a potência de todos os modelos despencarem.

Nem o top de linha Z-28 escapou da faca. Uma das principais mudanças dessa segunda geração foi a adoção de uma carroceria mais larga e com um centro de gravidade mais baixo (com desenho influenciado por modelos europeus) - características que culminaram numa melhor dirigibilidade.

Terceira Geração: 1982-1992

Já na década de 80, surgiu a terceira geração do Camaro, marcada por introduzir uma nova arquitetura, bem como uma suspensão dianteira mais moderna e um visual futurista para época, mais quadrado e com tampa traseira com vidro curvo.

Na época, o chassi era reconhecido por proporcionar boa estabilidade, que evoluiu ainda mais com o pacote 1LE em 1988. Com o Camaro Z28 de 1982, o modelo conquistou o prêmio de carro do ano pela revista Motor Trend.

Quarta Geração: 1993-2002

Apesar de não ter ganho tanto destaque na época, a quarta geração do Camaro hoje em dia é cada vez mais valorizada pelo seu design e pelas opções de motorização. (Francisco Martins). 

No comments: