Monday, June 27, 2016

Exposições no Centro de Referência da Moda

Exposições no Centro de Referência da Moda (Rua da Bahia, 1.149, Centro, Belo Horizonte -MG) que utilizam o corpo como instrumento de linguagem intercalado ao mundo da moda. 

Ao compreender o corpo como símbolo de existência e suporte para joalheria, a artista Lis Haddad estabelece uma discussão em “A Pele é o Mais Profundo”. A mostra trata de tato, intimidade, relações, corpo, caminhos singulares de expressão, tempo e memória. Nesta exposição, a artista apresenta seis trabalhos e seu processo criativo, incluindo entrevistas e fotografia, nos quais utiliza marcas corporais e narrativas pessoais como matéria prima. 

Já a exposição “Moda é Pura Superfície”, de Lívia Limp, busca explorar a interseção dos campos da arte e da moda, investigando a possibilidade de explorar a linguagem não verbal do corpo por meio do têxtil e dos adornos. Em diálogo com a arte, a vestimenta e os adornos corporais revestem-se de um caráter formal expandido, autorizando performances que sua funcionalidade não permitiria. O objetivo é explorar as diversas linguagens que o corpo e a moda podem adquirir.

As mostras “A Pele é o Mais Profundo”, da artista Lis Haddad, e “Moda é Pura Superfície”, da artista Lívia Limp, ficam em cartaz até domingo, 3 de julho, de terça a sexta, das 9h às 21h, e no sábado e no domingo, das 10h às 14h. A entrada é gratuita.

No comments: