Wednesday, April 27, 2016

“Luiz Carlos Mendes Ripper: Poesia e Subversão”

Livro “Luiz Carlos Mendes Ripper: Poesia e Subversão” dia 28 de abril, no Rio

De autoria de Heloisa Lyra Bulcão, edição resgata a trajetória de um dos grandes nomes da cenografia, considerado o precursor da direção de arte no cinema brasileiro


No dia 28 de abril (quinta-feira), às 19h, na Livraria da Travessa, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro, a Fundação Nacional de Artes – Funarte lança o livro Luiz Carlos Mendes Ripper: Poesia e Subversão. Resultado da pesquisa feita pela escritora Heloisa Lyra Bulcão, a obra revela em detalhes os trabalhos desse artista múltiplo – desenhista, figurinista, educador, diretor de arte, cenógrafo e encenador teatral. A apresentação será feita por Ronald Teixeira, diretor de arte, cenógrafo e figurinista de teatro, cinema e TV.

No livro, Heloisa Lyra Bulcão, que também é cenógrafa, figurista, aderecista e doutora em artes cênicas pela UniRio, apresenta o pensamento de Ripper, revelando o profissional e educador em sua “prática artística inovadora e comprometida com o desenvolvimento artístico e social”.

A obra é enriquecida com fotos do artista em sets de filmagem, espetáculos de teatro e musicais que têm a sua marca do cenógrafo, além de croquis de figurinos e cenografias desenhados por Ripper. Muitas das imagens são reproduções do acervo do próprio artista, de Heloisa e também do Centro de Documentação e Informação da Funarte (Cedoc), responsável pela guarda do material.


Com 173 páginas, o livro Luiz Carlos Mendes Ripper: Poesia e Subversão é referência para estudantes de cenografia. Ao final, traz sinopses e fichas técnicas de filmes, peças teatrais e musicais, com informações sobre os prêmios recebidos por Ripper.

Sobre Luiz Carlos Mendes Ripper

Ripper nasceu no Rio de Janeiro, em 16 de julho de 1943. Sua ligação com a arte teve início ainda na infância. Irmão mais novo do arquiteto, designer e professor José Luiz Ripper, estudou xilogravura e pintura no Instituto de Belas Artes (IBA), no Rio de Janeiro, além de arquitetura e cinema na Universidade de Brasília (UnB). Sua primeira experiência na sétima arte foi como assistente de direção de seu professor Nelson Pereira dos Santos, no filme “Fala, Brasília” (1965). Em seguida vieram o teatro e os espetáculos musicais.

Luiz Carlos Mendes Ripper: Poesia e Subversão
Autora: Heloisa Lyra Bulcão
Páginas: 173
Preço: R$ 40
Lançamento:
Dia 28 de abril de 2016 (quinta-feira), às 19h
Livraria da Travessa
R. Voluntários da Pátria, 97 – Botafogo, Rio de Janeiro – RJ

No comments: